Dramaticidade marca a série de esculturas da artista Renata Portela | Todas as imagens: Neiton Fernandes

Dramaticidade marca a série de esculturas da artista Renata Portela | Todas as imagens: Neiton Fernandes

Artista usa fios de cobre em série de esculturas

Com obras viscerais, Renata Portela realiza sua primeira exposição solo em Goiânia

Nos últimos dois anos, a artista gráfica Renata Portela passou por um profundo processo de autoconhecimento e amadurecimento. Para chegar a este estágio, não fez mais que tecer e tecer fios de cobre e alumínio, entre outros materiais reciclados, bastantes afeitos a ela.

A família tem uma eletrônica e, desde muito cedo, se viu imersa nesse emaranhado de componentes. Nada mais natural para a artista, conceber uma série de esculturas na qual explorou toda a versatilidade dos elementos.



O coração é um forma constante no trabalho da artista

O resultado, surpreendente e carregado de dramaticidade, poderá ser conferido na sua primeira exposição solo, a partir de amanhã, no estúdio Is Cool. Implosões, título da mostra, tem curadoria de Ana Paula Polim, e fica em cartaz até 30 de abril.



Madeira, fios de cobre e alumínio no trabalho de Renata Portela: autoconhecimento

Há dez anos a artista plástica goiana se dedica ao ofício de escultora, produzindo pequenas peças para presentear amigos e familiares. As últimas criações, porém, levaram Renata a assumir-se como artista. “Me definir como artista foi um processo lento. Com a formação em Design Gráfico, sempre tive a visão da forma, de obrigatoriamente dar função para aquilo que criava. Mas, agora encaro a arte como pura expressão de sentimentos e estou em paz com esse conceito”, revela.



Artista Renata Portela e suas esculturas de fios de cobre, alumínio e madeira

 Na atual série, a figura do coração é uma constante, assim com a cor vermelha. “Não é algo intencional, mas o coração sempre acaba aparecendo. Acho que é uma forma de me aceitar como um ser essencialmente passional.”, diz a artista, reconhecendo que a essência de Implosões é mesmo o resultado de questionamentos e inquietudes internos. “Quando finalizo uma obra é como se estivesse tirando um tumor, um corpo estranho que estava me fazendo mal, então todas as esculturas são muito íntimas e refletem momentos que vivi.”

Renata atribui também boa parte de seu renascimento como artista, e como pessoa, ao apoio da família e amigos. Algumas peças foram feitas, inclusive, com a ajuda de sua gata Ágata, companheira de madrugadas e de estripulias. “Agatinha é muito curiosa e brincalhona, então, acabou quebrando algumas peças e essas intervenções me deram novas ideias para ir além nas criações. Todo apoio que recebo, seja da família, dos amigos e até dos bichos, influencia muito no meu trabalho", conta. (*Com release para imprensa)

SERVIÇO
Exposição de esculturas Implosões, da designer gráfica e artista plástica Renata Portela 
Vernissage: 1º de abril, das 19h às 22h.
Data de visitação: de 1º a 30 de abril
Endereço: Estúdio Is Cool - Rua 9, nº 1.472, St. Marista
Informações: (62) 3926-3882

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado