Bela Gil vem a Goiânia ensinar a boa alimentação com palestra e lançamento de livro | Imagem: Alexandre Campbell

Bela Gil vem a Goiânia ensinar a boa alimentação com palestra e lançamento de livro | Imagem: Alexandre Campbell

Bela Gil ensina boa alimentação em Goiânia

A chef de cozinha natural e apresentadora do programa Bela Cozinha, no Canal GNT, vai fazer palestra e ensinar goianiense a comer de forma consciente e saudável 

Adepta da alimentação saudável e consciente, a apresentadora do canal GNT e chef de culinária natural Bela Gil estará em Goiânia, no próximo dia 10 de setembro, para ministrar a palestra Introdução à Culinária Natural, responder perguntas do público e participar de sessão de autógrafos do livro Bela Cozinha no GNT. As atividades fazem parte do projeto República da Saúde Convida e serão realizadas a partir das 19h30, no restaurante República da Saúde.

Durante sua passagem pela capital goiana, Bela Gil falará, entre vários assuntos ligados à culinária natural, sobre cuidados importantes para manter uma boa saúde alimentando-se de de forma saudável. Essas informações são abordadas frequentemente pela apresentadora em seu programa de TV e no blog www.belagil.com.

Bela Gil é formada em Culinária Natural pelo Natural Gourmet Institute (Nova York) e em Nutrição e Ciência dos Alimentos pela Hunter College (Nova York). Estudou filosofia Macrobiótica e a Ayurveda (Nova York), estagiou em dois restaurantes veganos bastante populares em Manhattan – Candlé Café e Candle 79 -, e atuou como nutricionista clínica e personal chef em Nova York. Seu livro Bela Cozinha, tornou-se um best seller e está em 1º lugar entre os mais vendidos de não ficção, segundo a Revista Veja. 

OA MANDAMENTOS DA CHEF
Abaixo, os critérios essenciais para manter uma boa alimentação, segundo o quea chef Bela Gil propaga em seu site e no seu programa de TV: 

• Manter o pH do sangue alcalino com uma alimentação baseada em plantas, grãos e feijões.
• Comer devagar e mastigar muito bem os alimentos.
• Evite beber líquido nas refeições e opte por chás digestivos após as refeições.
• Quantidade altera a qualidade dos alimentos– a diferença entre o remédio e o veneno está na dose.
• Coma quando estiver com fome!
• Troque o supermercado pela feira.
• Controle a ingestão de sal e água.
• Autoconhecimento - perceba como você se sente após comer certos alimentos.
• Compre alimentos orgânicos e locais sempre que possível
• Restrinja ao máximo produtos industrializados, processados, congelados, e com excesso de aditivos químicos. (açúcar branco, farinha branca, gordura hidrogenada e trans, refrigerantes, margarinas, embutidos, sucos industrializados, enlatados). Procure sempre alimentos frescos, conservas, sopas, sucos caseiros e produtos de origem orgânica sem o uso de agrotóxicos, adubos químicos, antibióticos, hormônios e aditivos sintéticos. E leia o rótulo antes de comprar itens industrializados. 
• Use cereais (arroz, painço, trigo, milho, aveia, centeio, cevada, quinoa e amaranto) e farinhas integrais. Enriqueça farinhas brancas com cereais e sementes. Varie o consumo de cereais durante a semana.
• Prefira a fruta in natura do que seu suco. E evite consumi-las durante a refeição ou como sobremesa para não atrapalhar na digestão.
• Não cozinhe os alimentos, principalmente os vegetais, em excesso. Prefira cozinhá-los no vapor e reutilizar a água de cocção para não perder suas vitaminas.
• Evite leite e queijos pasteurizados, dê preferência a leites e derivados crus e/ou orgânicos. Caso não haja uma restrição nutricional do consumo de leite, prefira os seus produtos fermentados como o iogurte, kefir e a coalhada e os queijos feitos a partir do leite cru como queijo de minas curado.
• Não substitua a manteiga por margarina. Use manteiga com moderação nos pães integrais dentro de uma dieta rica em verduras, frutas e cereais integrais. Nunca frite a manteiga, prefira a gordura do coco e os óleos vegetais.
• Consuma carnes em geral (peixe, frango, vaca, porco...) e ovos com moderação e evite combiná-los com os feijões numa mesma refeição, pois também são fontes de proteína e podem atrapalhar a digestão. Aprenda a utilizar a carne como o tempero do prato e não como item principal.
• Use com moderação sal marinho, açúcar mascavo, mel e melado. Evite o sal e açúcar refinado.

SERVIÇO
República da Saúde Convida Bela Gil - Palestra Introdução à Culinária Natural
Data: 10 de setembro 
Horário: 19h30
Local: República da Saúde – Rua 89, nº 655, setor Sul – Goiânia (GO)
Vagas limitadas: 100 pessoas
Valor: R$ 180,00 - somente em dinheiro
Pontos de venda: República da Saúde,
Trudilu Casual Fitness – Rua 1.136, º 56, setor Marista
Mac Design – Alameda Ricardo Paranhos, 293, setor Marista
Incluso: Workshop e coffee break funcional
Mais informações sobre inscrições: (62) 3942-5576 ou 3642-0026

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado