Uma das imagens que integram a exposição Arte Tumular, do paulistano Caio Galluci

Uma das imagens que integram a exposição Arte Tumular, do paulistano Caio Galluci

Exposição fotográfica conta história do Santana

O paulistano Caio Galluci assina a mostra fotográfica do Cemitério Santana que será aberta amanhã, na Câmara Municipal de Goiânia

Será aberta, amanhã, às 9 horas, na Câmara Municipal de Vereadores de Goiânia, a exposição fotográfica Arte Tumular, assinada pelo fotógrafo paulistano Caio Galluci. O fotógrafo esteve em Goiânia, em fevereiro deste ano, a convite dos organizadores do Projeto Santana Cemitério Art Déco, Omar Layunta e Leandro Pires, para captar as imagens para a mostra. As 29 fotografias que integram a exposição contam a história do cemitério construído na década de 1930, ressaltando os traços arquitetônicos em estilo art déco.


A exposição faz parte do calendário de atividades do Projeto Santana Cemitério Art Déco, idealizado pelo consultor Leandro Pires e o empresário Omar Layunta, lançado em outubro do ano passado. A ideia é resgatar a história goiana por meio da requalificação da necrópole mais antiga da cidade. O projeto prevê a reformulação e readequação arquitetônica do local, a cargo do arquiteto Leo Romano.


A data escolhida para abrir a exposição fotográfica também é simbólica. Amanhã, a ex-primeira-dama do Estado de Goiás, Gercina Borges Teixeira, mulher do médico, político e fundador de Goiânia Pedro Ludovico Teixeira, completaria 115 anos. A mostra, que prosseguirá até o dia 2 de setembro, será realizada no 1º andar da Câmara Municipal de Vereadores de Goiânia e poderá ser visitada das 9 às 18 horas, com entrada franca.


O fotógrafo Caio Galluci, em fevereiro, captando imagens no Cemitério Santana | Imagem: Wellyngton Nunes

1 comentário

eliana borges

Gostaria muito de ver essa expo. Gosto muito do trabalho do Caio Galucci.
* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado