Modelo plus size Flúvia Lacerda, de Roraima: cachê diário de até 20 mil dólares | Imagens: Divulgação

Modelo plus size Flúvia Lacerda, de Roraima: cachê diário de até 20 mil dólares | Imagens: Divulgação

Mercado plus size em ascensão

Carreira de modelo plus size ganha destaque com crescimento do segmento da moda para mulheres com manequim acima de 44 


Representado pela modelo goianiense Karla Doca, Goiás esteve entre os 10 finalistas do Miss Brasil Plus Size. A quarta edição do evento, que acontece anualmente, foi realizada no final de julho, em São Paulo, com a participação de 24 representantes estaduais.

Karla iniciou a carreira de modelo profissional em 2010 após o convite de um "olheiro" que reconheceu o seu potencial. Receosa, recusou em princípio. Ao perceber os movimentos do mercado e ser incentivada pelos amigos, procurou uma agência de modelos profissionais e, desde então, não mais parou. 

Convidada para participar de catálogos, editoriais de moda e desfiles, sua carreira tomou novos rumos a partir do título recebido como finalista do concurso Miss Brasil Plus Size, realizado em São Paulo. 


Modelo goianiense Karla Doca que ficou entre finalistas do Miss Brasil Plus Size

O sucesso instantâneo de Karla vem na esteira do crescimento do mercado da moda plus size no Brasil. Segundo a Associação Brasileira do Vestuário (ABravest), o segmento cresce 6% ao ano e movimenta cerca de R$ 5 bilhões. Representando 5% do faturamento total do setor de vestuário, corresponde à média de 300 lojas físicas e aproximadamente 60 virtuais em todo o Brasil. 

Atualmente, uma das principais modelos plus size de renome internacional é Flúvia Lacerda, de Roraima, que já foi capa de grandes revistas como Beautiful e Vogue Itália, além de fotografar em países, como Espanha, Canadá, Alemanha, Austrália, França, Inglaterra e Jamaica, chegando a receber até 20 mil dólares de cachê por dia.

O termo plus size foi criado nos Estados Unidos ainda na década de 70 para identificar consumidores que usavam manequins acima de 44. Porém, ganhou popularidade na década de 90 e no Brasil começou a se movimentar no final do mesmo período. Com a busca do conforto e estética para consumidores maiores, grandes marcas se atentaram para esta fatia do mercado e promovem coleções direcionadas para o público com campanhas específicas de comunicação e alcance.

É o caso da Malwee que tem a coleção Grandes Abraços, a Duloren - que apostou em lingeries de números grandes com o slogan Gostosa demais para usar 38-; a C&A, com sua linha Special For You, e ainda a Marisa com a campanha Especial para Você.

Assim, o segmento é visto hoje como uma das fortes tendências para o mercado de moda, considerando o crescimento da demanda deste tipo de consumo e a pequena concorrência de oferta, principalmente ao considerarmos os aspectos conforto e design. 

1 comentário

Viviane Ribeiro

A Beleza Plus Size sendo cada vez mas Reconhecida.
* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado