Leo Romano e a mesa da coleção Chuva | Imagens: Maria Célia Siqueira

Leo Romano e a mesa da coleção Chuva | Imagens: Maria Célia Siqueira

Deixa chover

Leo Romano faz duas estreias consecutivas na capital paulista: o lançamento da coleção Chuva, a partir de hoje, e a participação na Casa Cor São Paulo, em maio

O arquiteto e designer goiano Leo Romano está duplamente feliz. Hoje à noite, lança a coleção de móveis Chuva, na loja Decameron, da avenida Gabriel Monteiro da Silva, em São Paulo. Em maio, participa pela primeira vez da Casa Cor São Paulo, onde também vai expor alguns de seus produtos. O arquiteto tem peças produzidas por importantes indústrias brasileiras e, nessa mostra, o público poderá conferir um desenho autoral e delicado, e que já estará à disposição do mercado brasileiro.

Numa construção artesanal cuidadosa, Leo Romano se inspirou em gotas de chuva para desenhar a coleção Chuva, um conjunto de mesas laterais, mesas de centro e de jantar, aparadores, bancos e espelhos. Os pés que remetem às gotas d'água são produzidos individualmente por meio de torno manual.

A plasticidade da peça está ligada à virtuosidade de cada artesão/escultor, que segue habilidosamente o desenho proposto pelo arquiteto. Os tampos são laminados em madeira natural e lapidados de maneira a parecer o mais fino possível. Tampos e pés se unem por linhas contínuas, dando a impressão de se tratar de monoblocos esculpidos. A forma se revela tornando difícil saber o seu começo e seu fim.



A coleção Chuva surgiu da elaboração de desenhos que representassem a suavidade com que a madeira pode ser tratada. No processo industrial, as peças são reproduzidas seguindo parâmetros rigorosos de desenho e acabamento. Contudo, traz também o DNA do marceneiro, que participa intensamente no processo de produção. A diversidade natural da madeira e a mão de obra aplicada tornam cada peça única, um objeto vivo.

Alguns itens desta coleção foram apresentados em um ambiente criado por Leo Romano para a Casa Cor Brasília 2014. Após um processo de amadurecimento de desenho e técnica produtiva, foi convidado a lançá-la em São Paulo.

Esta é a quinta coleção de design assinada por Leo Romano. Seu lançamento em São Paulo acontece em um momento especial para o arquiteto, que vem conquistando inúmeros prêmios. Recentemente, Leo teve um programa dedicado ao seu trabalho, na última temporada do Casa Brasileira, do canal GNT.

Juntamente com a coleção Chuva, Leo apresentará na Decameron a série composta por 11 objetos poéticos que produziu em parceria com a artista plástica e ceramista Iêda Jardim. Ambos começaram a trabalhar juntos em diversos projetos no início de 2014, quando a artista deixou Brasília e mudou-se para Goiânia montando seu ateliê de arte e cerâmica.

Nesta coleção, a dupla apresenta objetos artísticos nos quais os símbolos e ícones da fertilidade e força são trabalhados pela ceramista através da técnica de modelagem. Neste sentido, aparecem as figuras de bois, galinhas, entre outros seres vivos, em uma “metamorfose volumétrica”, realçados delicadamente com flores, pérolas e ouro.

A autonomia das peças ocorre com a inserção da cerâmica em caixas de madeira, ressaltando a forma e ampliando o diálogo entre a técnica e o universos da arte e do design. Confira o video sobre a coleção Chuva.

SERVIÇO
Lançamento coleção de móveis Chuva, de Leo Romano
e série de objetos poéticos de Leo Romano e Iêda Jardim
Local: Decameron Design, Av. Gabriel Monteiro da Silva, Jardim América, São Paulo
Data: de 17 de março a 22 de maio 2015

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado