" />
Cena de A Bela Adormecida, espetáculo do Russian State Ballet, que faz apresentação única nesta sexta-feira | Imagens: Divulgação

Cena de A Bela Adormecida, espetáculo do Russian State Ballet, que faz apresentação única nesta sexta-feira | Imagens: Divulgação

Russian State Ballet de volta a Goiânia

Teatro Rio Vermelho será palco de uma das 30 apresentações do clássico "A Bela Adormecida", em turnê que irá percorrer 20 cidades brasileiras


Na esteira das ótimas atrações que aportam na capital na atual temporada, o Russian State Ballet, considerada uma das companhias de dança mais respeitadas da Rússia, faz apresentação única na próxima sexta-feira, 5, no Teatro Rio Vermelho.

A companhia é a mesma que se apresentou na cidade, em junho do ano passado, com o espetáculo The Swan Lake - O Lago dos Cisnes, em uma extensa tour por 19 cidades brasileiras, com sucesso absoluto – motivo pelo qual retorna em 2014. A Cia também esteve no Brasil em 2008, se apresentando em oito cidades brasileiras.

Desta vez, o público terá chance de assistir ao clássico A Bela Adormecida, que teve sua estreia mundial em 1890, em São Petersburgo, na Rússia.

A iniciativa de trazer o Russian State Ballet ao Brasil foi do produtor brasileiro Augusto Stevanovich  com apoio do ministro da cultura da Rússia, Vladimir Medinski. A sua intenção  faz parte de uma campanha de popularizar o ballet russo no Brasil. Com  33 anos de história, a companhia está sob a liderança do coreógrafo Viatcheslav Gordeev, seu criador, diretor artístico e diretor geral. Com seus quarenta solistas, a meta principal do Russian State Ballet é preservar a herança da coreografia russa e da Europa ocidental, paralelamente à busca de novas formas de dança.

Para a turnê brasileira, que irá percorrer 20 cidades brasileiras –  além de Goiânia se apresenta em São Paulo, Ribeirão Preto, Brasília, Vitória, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Natal, Fortaleza, São Luis, Teresina, Maceió, Recife, Belém e Porto Alegre –  foram escalados 40 solistas.

O espetáculo é considerado um dos que mais exige técnica e esforço dos bailarinos e por isso, a companhia traz profissionais considerados as joias do balé russo. No palco e pela primeira vez no Brasil, a japonesa Fukuda Shiori e a italiana Spiller Elena. Outra novidade é a participação especial do solista do Bolshoi Andrey Evdokimov. Os três foram convidados especialmente para a turnê brasileira. O elenco traz ainda, bailarinos do Bolshoi, do Kirov e do teatro de Moscou, além de medalhistas em consagrados festivais de dança na Rússia, o berço do balé mundial.

Assim como em todos os espetáculos da companhia, A Bela Adormecida traz como proposta, manter a tradição do balé e ainda torná-lo atraente para especialistas e leigos. Ao unir dança tradicional, incorporando pequenos toques de contemporaneidade, a companhia tem emocionado diferentes culturas e gerações, encantando jovens, adultos e idosos.

 Além de um elenco com técnicas e performances impecáveis, trilha sonora memorável, A Bela Adormecida também promete surpreender por sua cenografia com recursos em 3D. Somado ao luxuoso figurino, assinado pelos mesmos estilistas do Bolshoi de Moscou, a estrutura trazida ao Brasil compreende cerca de três toneladas.

Sobre o Russian State Ballet
A companhia surgiu do sonho de Irina Tichomirova, primeira bailarina do Bolshoi e diretora da Sociedade Filarmônica de Moscou, em 1979. De lá para cá, astros dos principais grupos russos, como o Kirov, o Stanislavski e o Bolshoi, uniram-se à trupe.

Há séculos que os braços e pernas da Europa e do mundo se movimentam entre as primeiras posições do ballet clássico. As dificuldades da arte superam o físico – afinal, fazer pliês e botar os pés em meia-ponta numa apertada sapatilha não são tarefas para qualquer um.

Os 40 solistas da companhia são os responsáveis pelo encontro entre o erudito e o moderno. “Todos sabemos que o artista que recebe treinamento somente em dança contemporânea não pode bailar os clássicos. Quem é preparado em dança clássica pode assimilar qualquer outro tipo de linguagem. É muito útil que o bailarino se expresse das duas formas”, explica o coreógrafo Viatcheslav Gordeev, que dirige a companhia.

Nos bastidores, as nacionalidades se misturam numa grande Torre de Babel – japoneses, australianos, italianos, coreanos, entre outros, formam a equipe. A concepção de um novo espetáculo leva de um a dois meses. Nesse período, a rotina de ensaios é árdua: pela manhã, os bailarinos ensaiam por uma hora e 15 minutos em média. Após ligeiro descanso, são cinco horas de treinos sem parar. Em dias de apresentação, há ainda um período de relaxamento antes de fazer a maquiagem e vestir o figurino.

Curiosidades
- Cidades dos Estados Unidos, França e México elegeram os bailarinos do Russian State Ballet como cidadãos honorários. Em Nova Orleans há um feriado em homenagem à companhia, o "Dia do Russian State Ballet".
- O bailarino russo Mikhail Gorbachev é um admirador e incentivador do Russian State Ballet. Já atuou com participações especiais em algumas das turnês da companhia.
- Figuras ilustres, a exemplo do ex-presidente americano Ronald Reagan, já prestigiaram a companhia.

SERVIÇO
Espetáculo do Russian State Ballet,
Sleeping Beauty - A Bela Adormecida
Local: Teatro Rio Vermelho - Rua 4, nº 1.400, Centro
Datas: sexta-feira, 5 de setembro, às 21horas
Indicação etária: livre
Duração: 2 horas com intervalo de 15 minutos

Venda de ingressos
Preços*: Plateia inferior - fila A até fila M: 250,00 (inteira) / 125,00 (meia-entrada) |Plateia inferior - fila N até fila T: 200,00 (inteira) / 100,00 (meia-entrada) |Plateia superior: 200,00 (inteira) / 100,00 (meia-entrada)
*50% de desconto na Inteira, para Associados Nova Acrópole.
-Meia-entrada para professores da rede pública, estudantes, idosos e possíveis descontos ainda a definir.

Postos de vendas: Bob's Drive Thru (3214-1052), Submarino Festas (3261-1775), Nova Acrópole, no Jardim América (3092-4838), no Curta Mais Por Menos, ou pelo cartão de credito através do site www.compreingressos.com e call center 4052-0016. Informações: 3219-3300 / 3400

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado