Obra do uruguaio Fernando Velázquez, que abriu bate-papo no ambiente Subsolo de Arte, da Morar Mais | Imagens: Divulgação

Obra do uruguaio Fernando Velázquez, que abriu bate-papo no ambiente Subsolo de Arte, da Morar Mais | Imagens: Divulgação

Subsolo inspirador

Designers propõem espaço multifuncional de vivências, exposição e comercialização de obras de arte em ambiente da Morar Mais

As designers Daniela Fiuza e Sophia Pinheiro, da Hábil Produção, trouxeram para a edição deste ano da mostra de decoração Morar Mais, um espaço multifuncional dedicado às artes, onde pretendem, além de comercializar as obras em exposição, realizar conversas livres, oficinas e encontros com artistas.

Batizados de Encontros de Garagem, estas reuniões experimentais e independentes irão acontecer no Subsolo de Arte, espaço de 350 metros quadrados que, segundo a dupla, "funciona mais como uma instalação que meramente um local onde as obras de arte figurem como objetos de decoração".

No primeiro encontro, realizado na tarde de hoje, o bate-papo foi com o artista uruguaio Fernando Velázquez, que também lançou o catálogo da exposição Reconhecimento de Padrões, realizada com iniciativa do projeto Conexão Samambaia, encerrada, também nesse domingo, no Museu de Arte Contemporânea de Goiás. Novas reuniões serão agendadas durante o período da mostra.

O Subsolo de Arte foi todo concebido com  a reutilização de materiais que seriam sumariamente descartados, materiais encontrados na rua, com pouco ou nenhum uso de vernizes em madeiras e outros objetos de origens industriais.

Bancos construídos a partir do reaproveitamento de madeiras de pallets, bobinas de fiação utilizadas como aparadores, espaguetes plásticos fixados por parafusos - que criam divisórias fluidas entre os espaços, favorecendo circulação e setorização, estão dentro das transposições de uso empregadas no espaço. Uma das paredes ganhou a aplicação tipográfica com o nome do ambiente. O lettering em giz escolar foi concebido pelo coletivo tipográfico GOType e pela Tipô Tipografia. 

No mix de obras expostas na galeria efêmera do Subsolo de Arte estão um díptico inédito do artista André Rezende, que harmoniza com a instalação artística feita pela loja Concetto; séries inéditas de coleção de gravuras e prints fine art dos ilustradores e professores Rafael Fleury e Fabiana Queiroga, respectivamente; obras do paulista Alexandre Andrade, recém chegado ao circuito goiano; telas de Alexandre Camaleão; obra do designer e artista urbano goiano Santhiago Vieira aka Selon; peças de Sophia Pinheiro; mandalas emolduradas em prints de Pedro Otto; obras da artista visual Fabiola Morais; uma série emoldurada de prints fine art com ícones da música negra, de Mateus Dutra; e ainda originais em acrílico sobre tela de Cacilda Vitória. Das linguagens urbanas, um painel com lambe-lambes dos paulistas do Coletivo SHN e uma das intervenções em gavetas do brasiliense Adriano Cinelli a.k.a. Onio.

As obras e produtos de arte e design estão à venda na mostra, materializando assim a primeira loja temporária de ação do e-commerce desMATéria. Como preços acessíveis, a partir de R$ 35,00, prints, fine arts, lambe-lambes, telas, desenhos, gravuras, camisetas assinadas, entre outras obras e objetos, poderão ser adquiridos até 14 de setembro no espaço Subsolo de Arte.

SERVIÇO
Subsolo de Arte
Mostra: Morar Mais Por Menos 2014
Endereço: Av. 136 com Rua 1137, 638 – Setor Marista
Dia: De terça à sexta-feira das 15 às 22h | sábados e domingos das 14 às 22h
Ingressos: R$ 35 (inteira) | R$ 20 (meia)
Eventos no espaço durante a mostra podem ser conferidos em: https://www.facebook.com/desmateriavitrinevirtual 

1 comentário

Daniela Fiuza

Agradecemos o espaço aqui Adevania, te esperamos para os próximos eventos no espaço! Somando informações na última imagem (legenda: Uma das obras expostas no Subsolo de Arte) o crédito é de divulgação da Morar Mais. Nos braços, abraços!
* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado