Torcidas brasileira e mexicana dividem estádio |Imagem: Getty Images

Torcidas brasileira e mexicana dividem estádio |Imagem: Getty Images

Bola na rede

Monitoramento das redes sociais mostram seleções que mais se destacam. A amostra teve como base 107 mil mensagens enviadas em plataformas como Facebook, Instagram, Twitter e Youtube


Além do aumento de turistas estrangeiros e nacionais na capital paulista por conta da Copa do Mundo FIFA 2014, a Sala de Monitoramento do Atendimento ao Turista da Copa em São Paulo apontou, no último levantamento, mais de 300 palavras-chave relacionadas ao evento em São Paulo. 

O destaque do último relatório ficou por conta das seleções mais citadas. Além da seleção brasileira, com 27,3%, Inglaterra, Itália, Espanha e Argentina foram as mais comentadas pelos internautas. 

Às vésperas da partida entre Uruguai e Inglaterra na Arena Corinthians, no dia 19 de junho, o time dos ingleses apareceu em segundo lugar na lista das mais comentadas, com 15,7% das citações. Em seguida, apesar de não ter jogo em São Paulo, está a seleção da Itália, com 7,3% de referências. 

A amostra total teve como base 107 mil mensagens enviadas em plataformas como Facebook, Instagram, Twitter e Youtube, e o levantamento foi consolidado pela equipe do Observatório do Turismo, núcleo de estudos e pesquisa da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos). 

Dentre os pontos turísticos de São Paulo, os mais citados nas redes sociais são Avenida Paulista, Museu do Futebol, Masp, Pinacoteca, Rua 25 de Março, Mercadão e Vila Madalena. 

Outro dado divulgado pelo próprio Twitter esta semana, mostrou que, no dia da abertura e primeira partida do Mundial em 12 de junho, foram feitas 12,2 milhões de tuítes no mundo todo. 

O monitoramento das mídias sociais está sendo feito simultaneamente com a quantificação do número de turistas que chegam em São Paulo, visitantes atendidos nas Centrais de Informação Turística (CITs), movimento nos bares, restaurantes, hotéis e a situação da mobilidade na cidade. (Fonte: São Paulo Turismo (SPTuris)

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado