Neka Menna Barreto ensina a preparar a saladinha temperada com variedade de ervas | Imagens: Flávio Isaac

Neka Menna Barreto ensina a preparar a saladinha temperada com variedade de ervas | Imagens: Flávio Isaac

Bolinho de chuva e saladinhas no menu

O chef pirenopolino Vinicius Ferreira e a renomada Neka Menna Barreto abrem as oficinas do 9º Festival Gastronômico de Pirenópolis, no cinema da cidade

O primeiro dia de oficinas do Festival Gastronômico de Pirenópolis contou com nomes importantes do cenário goiano, como o chef local Vinicius Ferreira, que foi uma das revelações do Festival Gastronômico de 2013. Na abertura das oficinas, Vini, como é conhecido, realizou a oficina Memórias Gustativas: Um Novo Design, na qual apresentou comidas tradicionais com um toque de sofisticação.

Vini ensinou de uma forma bem rápida e prática como preparar uma costelinha de porco agridoce, temperada com mel e vinho branco, acompanhada de arroz cremoso, feito com molho branco, creme de leite e queijo parmesão. Para finalizar, preparou bolinho de chuva recheado com doce de leite e cream cheese. “Revisitar receitas do nosso passado é muito importante para a gastronomia contemporânea, basta ser criativo e dar um toque atualizado”, explicou Vini.

Chef Neka Menna Barreto ensina a preparar pratos leves e saudáveis, em Pirenópolis

O chef, que lotou o cinema de Pirenópolis, falou da importância de participar de um festival do tamanho e relevância como o de Pirenópolis. “Poder apresentar o meu trabalho em mais um edição do festival gastronômico em Piri, com certeza é abrir mais portas e caminhos, é ter o meu trabalho reconhecido e poder mostrar nossas raízes para o mundo”, acredita.

Em seguida, foi a vez de Neka Menna Barreto comandar a oficina A cozinha de Neka e seus encantos. A chef apresentou alguns pratos leves como farofa com baru, saladinhas temperadas com ervas, feijão com muitas especiarias como gengibre, cúrcuma, pimenta do bode, coentro e cominho.

Uma das dicas da chef para os alunos da oficina é descontar a raiva nos alimentos e em seguida pingar gotas de amor. De acordo com a apaixonada pela cozinha, essa atitude a deixa mais leve e a faz enxergar a vida de uma maneira diferente.

Gaúcha radicada em São Paulo, Neka contou um pouquinho da sua história e falou da paixão pela gastronomia. "Faço gastronomia porque tive a sorte de misturar ingredientes certos” disse a banqueteira, que usa muitos produtos orgânicos em suas receitas e adora uma “feirinha”.

Durante a oficina explicou a importância de se comer bem e de saber a origem da refeição. “A comida do dia tem que ser a comida que a gente escolhe, feita em casa, com amor. Hoje em dia, contabilizamos dinheiro, bens, mas a alma, o carinho, o cuidado estão sendo esquecidos. E estes são os principais ingredientes da vida”, ensinou a chef. Menna falou ainda da importância de algumas especiarias como a cúrcuma que tem o sabor maravilhoso e é uma erva anticancerígena e o cardamomo que, além de saboroso, é excelente para aromatizar a casa em uma ocasião especial.

Neka não economizou elogios para a cidade que está visitando pela primeira vez. “O céu de Pirenópolis é o mais lindo que já vi na vida”, destacou. (com release para imprensa)

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado