O baru, que tem propriedades antioxidantes comprovadas | Imagens: Divulgação

O baru, que tem propriedades antioxidantes comprovadas | Imagens: Divulgação

Baru, rei do Cerrado

Fruto típico do Centro-Oeste, o baru, além de funcionar como um potente antioxidante, tem lugar de excelência na culinária brasileira. É o que a chef Márcia Pinchemel vai ensinar em oficina no 9º Festival Gastronômico e Cultural de Pirenópolis

A chef Márcia Pinchemel, idealizadora da I Edição do Festival Gastronômico de Pirenópolis, volta a trabalhar com o baru, durante a nona edição do evento, que será realizado de hoje a domingo. Conhecida por valorizar os produtos de Goiás e aliá-los à alta gastronomia, Márcia vai ministrar a oficina com o tema Meu rei, o baru. Durante a aula será apresentada a preparação de uma barriga suína com banana da terra, baru e buriti, amanhã, 23, às 15h30.

A decisão da chef em colocar sempre em destaque o baru, é uma forma de valorizar o terroir local e mostrar a versatilidade do ingrediente e suas múltiplas combinações. "O baru é meu rei. Desde a primeira edição do festival utilizo a castanha. Graças a este trabalho muitos chefs do país conhecem e utilizam a castanha do Cerrado", conta Márcia.

Típica do cerrado brasileiro e praticamente desconhecida na maior parte do Brasil, o baru reforça o time das oleaginosas - castanha do Brasil, de caju, avelã, nozes, pistache, amêndoas e amendoim - como aliado da saúde. Fruto do baruzeiro (Dipteryx alata), uma planta leguminosa arbórea, o baru tem sabor semelhante ao do amendoim e da castanha de caju, porém, é considerado mais prevalecente, como se a castanha tivesse sido um pouquinho mais torrada. É rica em proteínas, fibras, minerais, além dos ácidos graxos oleico (ômega-9) e linoleico (ômega-6). 

As propriedades medicinais do baru já foram comprovadas. A cientista de alimentos Miriam Rejane Bonilla, realizou um estudo, posteriormente publicado na revista especializada Food Research International-Elsevier, no qual mostra que a castanha do baru tem um alto potencial antioxidante, uma arma poderosa contra processos inflamatórios e doenças crônicas e degenerativas. 

Para enriquecer a aula, Márcia Pinchemel convidou a nutricionista da Associação Goiana de Suinocultura para falar sobre a carne suína. Com o tema Conhecendo o mundo da carne suína e consumindo com mais sabor e saúde, a nutricionista vai explicar o processo de produção da carne no Brasil e seu uso.

Outro ingrediente utilizado na receita será o buriti, muito utilizado na forma de doces na culinária goiana e que nas mãos da chef ganhará uma versão salgada para acompanhamento do suíno. Além de conhecerem sobre os produtos utilizados na aula e aprenderem a receita, os participantes ainda vão degustar o prato. A oficina será realizada para 150 pessoas, no cinema e terá a duração de 60 minutos.


Chef Márcia Pinchemel ministra oficina sobre o baru, castanha muito presente em suas receitas

Márcia Pinchemel, atualmente é chef no restaurante Antônia Bistrô, no setor Marista, em Goiânia. Ela foi proprietária por 11 anos do Le Bistrô, renomado restaurante de Pirenópolis. Idealizadora do Festival Gastronômico e Cultural de Pirenópolis, participou de vários festivais gastronômicos por todo Brasil como convidada e ministrando oficinas. Ganhou concurso como Chef Revelação Centro-Oeste 2008 – GULA/CEF, foi convidada a ministrar aula-show no maior evento gastronômico da America Latina, realizado pela revista Prazeres da Mesa e SENAC, o Mesa SP, onde ganhou o Destaque Nacional. Realizou workshop no programa Mais Você, da Rede Globo, comandado por Ana Maria Braga, na Rede Globo, aos candidatos a Super Chef 2011. Suas invenções foram parar em blogs, jornais e revistas gastronômicas locais e nacionais. (com Ana Carolina Guimarães, assessora de imprensa)

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado