Valéria Perillo recebe o livro autografado pela estilista Rucélia Ximenes | Imagens: Cristina Cabral
Valéria Perillo recebe o livro autografado pela estilista Rucélia Ximenes | Imagens: Cristina Cabral

Palácio em noite literária

Os 40 anos de carreira da estilista goiana Rucélia Ximenes são tema do livro lançado no Palácio das Esmeraldas, com apoio de Valéria Perillo, presidente da OVG

O Salão Dona Gercina, do Palácio das Esmeraldas, foi o cenário escolhido por Rucélia Ximenes para autografar, na quarta-feira, 14, A arte de fazer arte na moda humanizada, livro que sintetiza os 40 anos de trabalho da estilista goiana. A obra terá parte da venda revertida para instituições cadastradas na Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). A presidente da OVG, Valéria Perillo, participou como incentivadora do evento e dividiu as honras com os convidados, entre eles representantes de entidades de classe, do fórum empresarial, políticos, secretários de Estado, artistas, escritores e jornalistas.

Paralela ao lançamento, houve exposição organizada pelo arquiteto Marcílio Lemos, de 25 figurinos de novelas e minisséries da Rede Globo, assinados pela estilista entre 1985 e 2013. O livro de 740 páginas, editado em português e inglês e com produção independente, apresenta looks produzidos para as novelas Selva de Pedra (1986), Renascer (1993), A Indomada (1997), O Cravo e a Rosa (2000), Senhora do Destino (2004), Cobras e Lagartos (2006) e Lado a Lado (2013). Além de reconstituir a carreira da estilista, a obra é uma homenagem a 80 personalidades goianas, entre elas o escritor Bariani Ortêncio, os artistas plásticos Maria Guilhermina e Siron Franco, a marchande Célia Câmara e a jornalista Lilia Teles.

A estilista afirma que o livro, que conta com prefácio da figurinista da Rede Globo, Beth Filipeck, presente na noite de autógrafos no palácio, levou 20 anos para ficar pronto, em função das dificuldades em reunir todo o material. "Foi um desafio muito grande em todos os aspectos. As fotos, por exemplo, perderam qualidade. Não é fácil fazer toda essa trajetória renascer", explica a estilista que pretende lançar A arte de fazer arte na moda humanizada, no Rio de Janeiro.

Rucélia Ximenes é de Piracanjuba e começou a costurar na infância. Na adolescência, fazia tricô e crochê e produzia seus próprios looks. Formou-se em arquitetura pela PUC Goiás e começou a produzir peças para novelas da Rede Globo no período em que morou com a família no Rio Janeiro, onde teve uma loja.

 A primeira criação da estilista para a Globo foi um sapato usado pela personagem Anabela, vivida pelo ator Ney Latorraca na novela Um Sonho a Mais, de 1985. Em 1986, a goiana criou o vestido de noiva de Fernanda, interpretada por Christiane Torloni, na segunda versão de Selva de Pedra. Também vestiram suas criações atrizes como Malu Mader em A Força de Um Desejo e Adriana Esteves em O Cravo e a Rosa.

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado