Moda em frascos

Para apresentar os novos lançamentos à jornalistas e blogueiras, Marselha Tinelli, gerente de categoria de perfumaria de O Boticário

Há entre o céu e a terra algo que seduz mais as mulheres do que moda e perfume? Pois o Boticário conseguiu unir as duas paixões femininas em um só produto: o Make B. Eau de Parfum, que marca a entrada da linha de produtos Make B., até então direcionada exclusivamente à maquiagem, e o universo das fragrâncias. Para apresentar os novos lançamentos à jornalistas e blogueiras, Marselha Tinelli, gerente de categoria de perfumaria de O Boticário, e a perfumista Magali Lara, da Casa de Fragrâncias Symrise, parceira da marca para o desenvolvimento de novas fragrâncias, estiveram em Goiânia, onde reuniram também os seus franqueados.

O primeiro passo para a criação de uma nova fragrância é dado pela área de marketing. O departamento estuda as últimas tendências do mercado e analisa as oportunidades para um novo produto. "A partir de então, é solicitado o desenvolvimento de uma fragrância exclusiva para o conceito que desejamos lançar", afirma Marselha. Para criar a nova coleção, O Boticário buscou inspiração no Rio de Janeiro da década de 60, marcada pela atitude, moda e sofisticação.

Com fragrância floriental amadeirada, Make B. Eau de Parfum traduz, em um perfume único, a principal tendência olfativa das capitais da moda, como Nova York, Milão, São Paulo e Paris, onde perfumes femininos com toques amadeirados são adorados por fashionistas. A embalagem também foi muito bem pensada pela marca, que novamente buscou inspiração na moda, desta vez no guarda-roupa feminino. "Toda mulher tem um pretinho básico, não é? Foi assim que chegamos ao frasco todo preto", revela Marselha. Com linhas arrojadas, design único e com um cristal Swarovski cravejado – o produto apresenta ares de grandes criações de artistas franceses e brasileiros.

O Make B. Eau de Parfum é assinado pelo brasileiro Rafael Marano e pela francesa Veronique Nyberg, perfumistas da casa de fragrâncias IFF. Veronique trouxe para Make B. Eau de Parfum a sofisticação do mercado europeu, enquanto Rafael foi o responsável por incluir a sensualidade brasileira. Juntos, Brasil e França realizaram uma criação cheia de história. No Brasil, a indústria de perfumaria vem crescendo e o consumo também. Pesquisas apontam que hoje os brasileiros consomem mais perfumes que os norte-americanos. Goiás representa 40% das vendas de perfumes na região Centro-Oeste. O mercado no Estado cresceu 15,5% no último ano.


​Magali Lara, da Casa de Fragrâncias Symrise e Marselha Tinelli, gerente de perfumaria de O Boticário: inspiração no Rio da década de 60

Seja o primeiro a comentar

* Campos Obrigatórios. **Seu email não será divulgado